quinta-feira, 31 de maio de 2012

Comentário do Clube de Revista de dia 23/04/2012


Statins and All-Cause Mortality in High-Risk Primary Prevention
A Meta-analysis of 11 Randomized Controlled Trials 
Involving 65 229 Participants
Kausik K. Ray, Sreenivasa Rao Kondapally Seshasai, Sebhat Erqou, Peter Sever, J. Wouter Jukema, Ian Ford, Naveed Sattar, FRCPath


Arch Intern Med 2010; 170:1024-103.

            Nesta revisão sistemática com metanálise, foi avaliado o papel das estatinas na prevenção primária de morte por todas as causas. Para isso, os autores selecionaram ECRs controlados por placebo que avaliaram o uso de estatinas em indivíduos sem doença cardiovascular (naqueles em que havia indivíduos com e sem doença cardiovascular os primeiros foram excluídos da análise) e que apresentavam mortalidade por todas as causas como desfecho. Foram incluídos dados de 11 ECRs, com 65.229 participantes seguidos por 244.000 pessoas-ano, e um total de 2.793 mortes. O uso de estatinas não apresentou redução da mortalidade por todas as causas quando comparada com placebo: RR 0,91 (IC95% 0,83-1,01). Essa ausência de efeito foi mantida, mesmo quando avaliados diferentes níveis de LDL basal e diferentes variações de LDL entre os grupos no decorrer dos estudos. Durante a discussão do Clube de Revista os seguintes pontos foram destacados:
  • Não foi feita descrição adequada da busca realizada;
  • Foram incluídos na análise somente pacientes sem doença coronariana conhecida, uma limitação importante de metanálise e ECRs previamente conduzidos neste tema;
  • Foi considerado como desfecho de interesse somente a mortalidade, não sendo avaliados outros desfechos cardiovasculares.


Pílula do Clube: o uso de estatinas em pacientes sem doença cardiovascular (prevenção primária) não diminui o risco de mortalidade por todas as causas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...