quinta-feira, 10 de maio de 2012

Comentário do Clube de Revista de 02/04/2012


Dipeptidyl peptidase-4 inhibitors for treatment of type 2 diabetes mellitus in the clinical setting: systematic review and meta-analysis
Thomas Karagiannis, Paschalis Paschos, Konstantinos Paletas, David R Matthews, Apostolos Tsapas

BMJ 2012; 344:e1369

            Nesta revisão sistemática com metanálise, os autores compararam a os inibidores da DPP-4 com metformina em monoterapia e com outros hipoglicemiantes orais com terapia combinada. Para isso foram selecionados estudos que comparassem os inibidores da DPP-4 com metformina, sulfoniluréias, pioglitazona ou agonistas do GLP-1; tivessem duração maior de 12 semanas; incluíssem pacientes adultos e não gestantes e tivessem como desfecho a mudança da HbA1c. O desfecho primário escolhido pelos autores foi a mudança na HbA1c do basal até o final do estudo e como desfechos secundários foram avaliados também a porcentagem de pacientes que atingia o alvo de HbA1c < 7%, mudança no peso dos pacientes e ocorrência de eventos adversos. Foram incluídos 27 artigos, provenientes de 19 estudos e os resultados principais demonstraram que os inibidores DDP-4 apresentavam menor redução na HbA1c quando comparados com a metformina em monoterapia (diferença média 0,2; IC95% 0,08-0,32). Quando foi avaliada a terapia combinada, os inibidores da DPP-4 tiveram menor redução na HbA1c que as sulfoniluréias (diferença média 0,07; IC95% 0,03-0,11) e análogos do GLP-1 (diferença média 0,49; IC95% 0,31-0,67). Em relação à pioglitazona, não houve diferença em relação a HbA1c (diferença média 0,09; IC95% -0,07-0,24). Em relação ao peso, houve menor ganho de peso com metformina e análogos do GLP-1 e maior ganho de peso com sulfoniluréias e pioglitazona, quando comparados com inibidores da DPP-4. Durante a discussão do último Clube de Revista, as seguintes considerações sobre este estudo foram feitas:
  • A revisão sistemática foi realizada de maneira adequada, com busca abrangente e bem descrita;
  • Os estudos incluídos apresentavam, de maneira geral, boa qualidade metodológica, porém a maioria deles era patrocinada pela indústria farmacêutica. Nas análises de sensibilidade, quando excluídos aqueles com qualidade inferior, e os resultados não foram alterados;
  • Os autores cometem um viés de interpretação, pois apesar dos resultados apontarem para uma redução maior da HbA1c com as sulfoniluréias, estes concluem que as duas classes tem efeito similar sobre a glicose (vide carta publicada no BMJ - http://www.bmj.com/content/344/bmj.e1369/rr/575398).


Pílula do Clube: Quando comparados com metformina em monoterapia, ou em terapia combinada (comparados com sulfoniluréias, e agonistas do GLP-1) os inibidores da DPP-4 apresentam pior desempenho no controle glicêmico (HbA1c).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lower versus Traditional Treatment Threshold for Neonatal Hypoglycemia

van Kempen AAMW, Eskes PF, Nuytemans DHGM, van der Lee JH, Dijksman LM, van Veenendaal NR, van der Hulst FJPCM, Moonen RMJ, Zimmermann LJI...