quarta-feira, 9 de maio de 2012

Comentário do Clube de Revista de 26/03/2012


Screening for Gestational Diabetes Mellitus: Are the Criteria Proposed by the International Association of the Diabetes and Pregnancy Study Groups Cost-Effective?
Erika F. Werner, Christian M. Pettker, Lisa Zuckerwise, Michael Reel,
Edmund F. Funai, Janice Henderson, Stephen F. Thung.

Diabetes Care 35:529–535, 2012

            Neste estudo de análise de custo efetividade, foi avaliado se o rastreamento utilizando os novos critérios para DMG (IADPSG) - baseados no estudo HAPO, já discutido no Clube de Revista do dia 29/11/2011(http://clubederevistaendo.blogspot.com.br/2011/12/comentario-do-clube-de-revista-de.html) - apresentam custo efetividade, quando comparados com os critérios prévios. Para isso foi construído um modelo que comparou três estratégias: nenhum rastreamento, rastreamento através dos critérios prévios e rastreamento através dos novos critérios. Foi avaliado o impacto econômico da utilização destas três estratégias sobre desfechos perinatais (pré-eclâmpsia, distócia de ombro, lesão ao nascimento) e redução de risco de DM após o parto nas mães. Os resultados principais demonstraram que o novo método de rastreamento é somente custo efetivo para diminuir o risco de DM no futuro (U$ 20.336,00 por QUALY ganho), desde que estas mulheres sejam colocadas em um protocolo de mudança de estilo de vida. Para os desfechos perinatais, o modelo demonstrou que a nova estratégia não é custo efetiva, quando comparada com a estratégia antiga (sendo as duas estratégias de rastrear as mulheres para DMG, custo efetivas em relação ao não rastreamento). Durante o Clube de Revista, foram discutidos os seguintes pontos:
  • Para construção do modelo de custo efetividade não foram utilizados os dados da metanálise existente sobre tratamento do DMG que é a melhor evidência disponível. Ao invés disso foram utilizados dados de ECRs, sendo que para a análise da prevenção de DM nas mães foram utilizados os dados de um estudo que não foi desenhado para esta população;
  • Foi utilizado como ponto de corte para determinar se o rastreamento pelo novo critério diagnóstico era custo efetivo o valor de U$ 100.000, quando na maioria das vezes o ponto de corte utilizado é de U$ 50.000;
  • Os estudos de custo efetividade tem limitações para aplicações fora da realidade em que foram estudados, devendo a extrapolação dos dados deste estudo para a realidade dos sistemas de sáude brasileiros (SUS e privado) ser feita com muito cuidado;


Pílula do Clube: o rastreamento para DMG com os novos critérios parecem ser custo efetivos somente para prevenção de desenvolvimento de DM nas mães, quando estas recebem tratamento após o parto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...