sábado, 4 de janeiro de 2014

Comentário do Clube de Revista de 16/12/2013

Are Metabolically Healthy Overweight and Obesity Benign Conditions?: A Systematic Review and Meta-analysis
Caroline K. Kramer, Bernard Zinman and Ravi Retnakaran

Ann Intern Med. 2013;159(11):758-769

Esta revisão sistemática de estudos observacionais foi realizada visando avaliar a associação entre status metabólico, diferentes estados nutricionais (normal, sobrepeso e obeso) e mortalidade. Foram selecionados estudos de coorte e estudos transversais que avaliaram mortalidade geral e/ou eventos cardiovasculares e possibilitassem a divisão dos indivíduos em grupos metabolicamente saudável ou doente e peso normal, sobrepeso ou obesidade. Foram incluídos 8 estudos de coorte e 4 estudos transversais, totalizando 61386 indivíduos. Na meta-análise, o grupo com peso normal e metabolicamente saudável foi considerado grupo controle. Dentre os resultados, destaca-se o aumento de risco de eventos no grupo obeso/metabolicamente saudável (RR 1,24 IC95% 1,02-1,55) quando analisados apenas estudos de seguimento longo (>10 anos) e a ausência de risco no grupo sobrepeso/metabolicamente saudável, tanto considerando todos os estudos, como os de maior seguimento. O grupo peso normal/metabolicamente doente também apresentou aumento de risco (RR 3,14; IC95%, 2,36-3,93), taxa de eventos comparável a encontrada no grupo obeso/metabolicamente doente (RR 2,65; IC95% 2,18-3,12). A taxa de heterogeneidade para a análise dos obesos/metabolicamente saudáveis não foi elevada (I2 33,6%, P=0,08) e não foi detectado viés de publicação. Durante a discussão do Clube de Revista os seguintes pontos foram:
  • A busca pareceu ter sido adequadamente conduzida e os termos utilizados são claramente apresentados;
  • A qualidade dos estudos selecionados foi muito boa;
  • A definição de metabolicamente doente foi bastante semelhante entre os grupos, sendo usados os critérios de síndrome metabólica (IDF ou ATP III) na maioria dos estudos;
  • O principal resultado (aumento de risco em obesos/metabolicamente saudáveis) foi identificado apenas em estudos de longo seguimento, uma sub-análise definida a priori;
  • Em algumas análises a heterogeneidade foi alta, e mesmo explorando-a sistematicamente, não foi completamente explicada;
  • Não foi possível ajustar as análises para tabagismo e uso de medicações (estatinas).

Pílula do Clube: O presente estudo reforça a obesidade como marcador de risco para a ocorrência de eventos cardiovasculares e mortalidade, mesmo em indivíduos metabolicamente “saudáveis”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...