domingo, 15 de março de 2015

Systematic Review of the Benefits and Risks of Metformin in Treating Obesity in Children Aged 18 Years and Younger

McDonagh MS; Selph S; Ozpinar A; Foley C.


Esta revisão sistemática com metanálise teve como objetivo avaliar a efetividade e a segurança da metformina no tratamento de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes sem diagnóstico de diabetes. Foram selecionados ensaios clínicos randomizados onde metformina foi comparada com qualquer intervenção em pacientes com até 18 anos de idade e IMC >25 ou percentil IMC≥85. Foram excluídos estudos de adolescentes com síndrome dos ovários policísticos. Foi realizada busca de artigos em bancos de dados (MEDLINE, ClinicalTrials.gov e Cochrane) de 1996 até setembro de 2012. Houve restrição ao idioma inglês. O desfecho primário avaliado foi mudança no IMC ou no percentil do IMC para a idade. De 75 artigos rastreados, 14 foram incluídos na análise, totalizando 946 indivíduos. A idade variou de 10,2 a 15,7 anos e o IMC basal de 26 a 41 kg/m2. Quatro estudos apresentaram duração de 2 a 3 meses, oito estudos de 6 meses e dois duraram 12 a 24 meses. A dose de metformina variou de 1 a 2 g por dia. Doze estudos foram controlados com placebo. A metformina se associou à redução do IMC (-1,16; IC95% -1,60 a -0,73; I2 60%) quando comparada ao controle. Houve maior diferença favorecendo a metformina entre os estudos com duração de 6 meses (-1,38; IC95% -1,93 a -0,82; I2 44%), sem diferença entre aqueles com mais de 6 meses (-0,79; IC95% -1,63 a 0,06; I2 0%). A taxa de descontinuação do estudo por eventos adversos foi semelhante quando comparada a metformina com o controle (1,6% vs 1,7%). Eventos gastrointestinais foram mais frequentes com a metformina vs. controle (26% vs. 13%; RR 2,05; IC95% 1,19 a 3.54; I2 35%) e geralmente eram resolvidos com o tempo ou com redução da dose. Não foram reportados eventos adversos graves. Durante o Clube de Revista, os seguintes pontos foram discutidos:

  • A coleta de dados foi realizada por apenas um investigador e checada por outro, não seguindo a prática padrão;
  • O rastreamento na literatura encontrou número muito baixo de publicações, apesar dos termos de busca amplos descritos;
  • Foram incluídos estudos pequenos, a maioria de qualidade regular e alguns sem dados de análise por intenção de tratar;
  • Houve provável viés de publicação quanto ao desfecho IMC;
  • A diferença de IMC encontrada, apesar de estatisticamente significativa, não se mostrou clinicamente relevante (<5% de redução do IMC);
  • Não foram reportados dados de crescimento dentre a monitorização de evento adverso.

Pílula do clube: Em crianças e adolescentes com obesidade, o uso de metformina proporciona redução do IMC em comparação com o controle em curto prazo.  No entanto, o efeito demonstrado não foi clinicamente significativo, atingindo redução menor do que 5% do IMC.


Discutido no Clube de Revista de 26/01/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lower versus Traditional Treatment Threshold for Neonatal Hypoglycemia

van Kempen AAMW, Eskes PF, Nuytemans DHGM, van der Lee JH, Dijksman LM, van Veenendaal NR, van der Hulst FJPCM, Moonen RMJ, Zimmermann LJI...