domingo, 3 de novembro de 2013

Comentário do Clube de Revista de 19/08/2013

Home-Based Walking Exercise Intervention in Peripheral Artery Disease
McDermott M, Liu K, Guralnik JM, Criqui MH, Spring B, Tian L, Domanchuk K, Ferrucci L, Lloyd-Jones D, Kibbe M, Tao H, Zhao L, Liao Y, Rejeski WJ

JAMA 2013, 310:57-65.

Neste ensaio clínico randomizado foi avaliado o efeito de uma intervenção de educação e exercício em grupo para pacientes com doença vascular periférica (DVP). Foram randomizados 194 pacientes com DVP e comorbidades graves para a intervenção ou controle. No grupo intervenção ocorriam encontros semanais em pequenos grupos: 45 minutos de aula sobre a doença seguidas de 45 minutos de treinamento sob supervisão de educador físico, bem como estímulo à realização de exercícios de caminhada de 50 minutos cinco vezes por semana. O grupo controle recebia aulas semanais em pequenos grupos sobre cuidados gerais em saúde com duração de 60 minutos. Ambos os grupos receberam as intervenções por 6 meses. O desfecho principal foi desempenho no teste de caminhada de 6 minutos (TC6M); qualidade de vida, atividade física, desempenho em esteira foram avaliados como desfechos secundários. O grupo intervenção apresentou aumento da capacidade no TC6M (+53,5 metros) em relação ao grupo controle (p<0,001) ao final da intervenção. Para os desfechos secundários, destaca-se: aumento de 1,02 minuto de tempo de caminhada livre de dor (p=0,02) e melhora nas avaliações de sintomas de DVP favorecendo a intervenção. Não houve diferença entre os grupos quanto à qualidade de vida global. Durante o Clube de Revista, os seguintes pontos foram discutidos:
  • Em função do tipo de intervenção proposta foram selecionados somente pacientes com comorbidades controladas;
  • A intervenção, apesar de estruturada, tratava-se de uma intervenção de fácil aplicação e de baixo custo (apenas um encontro semanal);
  • Os resultados foram semelhantes em todos os sub-grupos, incluindo pacientes com diabetes tipo 2, pacientes com e sem sintomas;
  • O aumento de 53 metros no TC6M é considerando de grande monta neste tipo de paciente.

Pílula do Clube:
O presente estudo reforça a eficácia e a aplicabilidade da realização de exercícios na DVP, previamente demostrada em estudos com intervenções estruturadas, trazendo informação adicional em de que é factível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...