sábado, 27 de agosto de 2011

Comentário do Clube de Revista de 23/08/2011


Selenium and the Course of Mild Graves’ Orbitopathy
Claudio Marcocci, George J. Kahaly, Gerasimos E. Krassas, Luigi Bartalena, Mark Prummel, Matthias Stahl, Maria Antonietta Altea, Marco Nardi, Susanne Pitz, Kostas Boboridis, Paolo Sivelli, George von Arx, Maarten P. Mourits, Lelio Baldeschi, Walter Bencivelli,  and Wilmar Wiersinga for the European Group on Graves’ Orbitopathy

N Engl J Med 2011;364:1920-31.

Neste ECR, os autores avaliaram o uso de selênio em pacientes com Doença de Graves e oftalmopatia leve. Para isso 159 pacientes foram randomizados para receber selênio (100 mcg duas vezes por dia), pentoxifilina (600 mg duas vezes por dia) ou placebo por 6 meses. Os desfechos primários foram avaliação oftalmológica da atividade da oftalmopatia e nível de qualidade de vida (avaliada através de um questionário específico). Os pacientes que foram randomizados para o uso de selênio apresentaram melhora em ambos os desfechos, quando comparados com o grupo placebo e com o grupo pentoxifilina, sendo que esta última não apresentou nenhum efeito. Não foram registrados efeitos adversos nos pacientes em uso de selênio durante o estudo. Durante o Clube de Revista, os seguintes pontos foram discutidos:
  • Nos três grupos a maioria dos pacientes estava em uso de medicamentos antitireoideanos (76, 68, 73%) o que pode ter influenciado nos resultados;
  • Apesar de ser descrito como um desfecho secundário nos métodos, não houve descrição do resultado para diplopia;
  • Não foi utilizado o princípio intention to treat para análise dos dados.

Pílula do Clube: em pacientes com Doença de Graves e oftalmopatia leve o uso de selênio melhora paramêtros objetivos de avaliação oftalmológica e qualidade de vida dos pacientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...