segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Comentário do Clube de Revista de 19/07/2011

Effect of early intensive multifactorial therapy on 5-year cardiovascular outcomes in individuals with type 2 diabetes detected by screening (ADDITION-Europe): a cluster-randomised trial
Simon J Griffi n, Knut Borch-Johnsen, Melanie J Davies, Kamlesh Khunti, Guy E H M Rutten, Annelli Sandbæk, Stephen J Sharp, Rebecca K Simmons,
Maureen van den Donk, Nicholas J Wareham, Torsten Lauritzen

Lancet 2011; 378: 156–67.

            Neste ECR pragmático, multicêntrico, foi avaliado o impacto de intervenção múltipla sobre fatores de risco em desfechos cardiovasculares de pacientes com DM tipo 2 diagnosticados por rastreamento populacional (diagnóstico precoce de DM2). Foram randomizados 3055 pacientes, com idade média de 60 anos. O desfecho primário foi definido como primeiro evento (mortalidade cardiovascular, infarto do miocárdio não fatal, AVC não fatal, revascularização e amputação não traumática). Como resultado principal, o grupo tratamento intensivo apresentou taxa de eventos cardiovasculares similares ao grupo controle (7,2% vs. 8,5%; RR 0,83 IC95% 0,65-1,09). A taxa de mortalidade total também foi semelhante nos dois grupos (6,2% vs. 6,7%; RR 0,91 IC95% 0,69-1,21). Durante a discussão do Clube de Revista, os seguintes pontos foram levantados:

  • Apesar de haver diferença estatística no controle dos fatores de risco entre os dois grupos (hemoglobina glicada, dislipidemia e pressão arterial); o grupo de controle usual apresentava excelente controle destes fatores;
  • O grupo intervenção apresentava uma maior prevalência de doença cardiovascular prévia (9,7% vs. 8%);
  • A baixa taxa de eventos do estudo (a amostra foi calculada para 3% de eventos ao ano para um poder de 90% e foram observados cerca de 1,6% eventos ao ano) pode ocasionar um erro beta.

Pílula do Clube: com este estudo, pela diferença pequena nos níveis de controle encontrados entre os grupos, não há como definir se o manejo intensivo dos fatores de risco cardiovasculares em pacientes com DM tipo 2 diagnosticados por rastreio acarreta em diminuição dos eventos cardiovasculares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lower versus Traditional Treatment Threshold for Neonatal Hypoglycemia

van Kempen AAMW, Eskes PF, Nuytemans DHGM, van der Lee JH, Dijksman LM, van Veenendaal NR, van der Hulst FJPCM, Moonen RMJ, Zimmermann LJI...