segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Comentário do Clube de Revista de 18/10/2011

Maternal thyroid deficiency during pregnancy and subsequent neuropsychological development of the child
James E. Haddow, Glenn E. Palomaki, Walter C. Allan, Josephine R. Williams, George J. Knight, June Gagnon, Cheryl E. O´Heir, Marvin L. Mitchell, Rosalie J. Hermos, Susan E. Waisbren,
 James D. Faix and Robert Z. Klein.

N Engl J Med 1999, 341:549-55

Nesta coorte retrospectiva, os autores avaliaram o desenvolvimento neuropsicológico em filhos de gestantes com e sem hipotireoidismo. Para isso, avaliaram provas de função tireoideana em 25.216 amostras de sangue armazenadas de gestantes, cerca de 10 anos após a gestação. Foram então selecionadas 62 mulheres com TSH elevado (> percentil 98 da amostra) e 124 mulheres com TSH normal (< percentil 98 da amostra), pareadas clinicamente àquelas, que serviram como controles. Os filhos destas mulheres foram submetidos a 15 diferentes testes para avaliação de inteligência, atenção, linguagem, leitura, desempenho escolar e desempenho motor-visual. O resultado dos testes foi controlado para diversos confundidores. Como resultado principal, os filhos das mulheres com TSH elevado tiveram desempenho cognitivo pior quando comparados com os filhos das mulheres do grupo controle (QI 4 pontos abaixo, P=0,06). Quando o grupo de mulheres com TSH elevado foi dividido entre aquelas que tinham recebido levotiroxina (n=14) e aquelas que não tinham sido nunca tratadas (n=48), os autores demonstraram que os resultados dos testes das crianças filhas de mães tratadas eram muito semelhantes ao grupo controle, enquanto que as filhas de mães que não receberam tratamento tinham desempenho pior (QI com 7 pontos abaixo, P=0,005). Durante a discussão do Clube de Revista, os seguintes pontos foram abordados:
  • O estudo tem desenho observacional e retrospectivo, o que pode levar a vieses de confusão;
  • A plausibilidade biológica e o fato das crianças tratadas apresentarem resultados semelhantes aos controles, com a diferença sendo mantida no grupo não tratado, trazem força à associação encontrada.

Pílula do Clube: o hipotireoidismo materno está associado a um desempenho pior em testes psicométricos nos probandos destas gestações. A correção do hipotireoidismo parece melhorar este desempenho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...