segunda-feira, 23 de julho de 2012

Comentário do Clube de Revista de 11/06/2012


Changes in Diet and Lifestyle and Long-Term Weight Gain 
in Women and Men
Dariush Mozaffarian, Tao Hao, Eric B. Rimm, 
Walter C. Willett  and Frank B. Hu

N Engl J Med 2011;364:2392-404.

Nesta análise prospectiva de três coortes americanas foram avaliados fatores da dieta e do estilo de vida associados a ganho de peso em longo prazo. Para isso os autores utilizaram dados de três coortes: Nurses’ Health Study (n = 121.701 mulheres), Nurses’ Health Study II (n = 116.686 mulheres) e Health Professionals Follow-up Study (n = 51.229 homens). Foram excluídos os indivíduos obesos, com DM, câncer, doenças vasculares, renais, pulmonares e hepáticas e aqueles com mais de 65 anos, totalizando 120.877 indivíduos com dados passíveis de análise. Os dados provenientes dos questionários destes foram então analisados de acordo com a mudança de peso dos mesmos, no intuito de avaliar os fatores que levam a ganho ou perda de peso. Todas as análises foram feitas com modelos multivariados e ajustadas para idade, IMC basal e para os fatores identificados como preditores de mudança de peso. Os resultados mostraram que a média de ganho de peso a cada quatro anos foi de 1,5 kg (percentis 5-95: -1,8 a 5,6 kg). Os fatores da dieta que resultaram em maior ganho de peso em 4 anos foram o consumo de batatas fritas (760 gramas), batata (580 gramas), refrigerantes (453 gramas) e carne vermelha processada (430 gramas). Por outro lado os alimentos associados com menor ganho de peso foram os vegetais (99 gramas), grãos integrais (167 gramas), frutas (222 gramas), nozes (258 gramas) e iogurte (371 gramas). Outros fatores associados a ganho de peso foram uso de álcool, tabagismo, horas de sono e tempo assistindo televisão. Durante a discussão do Clube de Revista, os seguintes pontos foram discutidos:
  • Os fatores que foram associados a ganho/perda de peso foram semelhantes nas três coortes, o que traz consistência a estas associações;
  • Trata-se de um estudo observacional, portanto podem estar presentes fatores de confusão identificados que expliquem estes resultados;
  • Por tratar-se de estudos na população americana, deve-se ter cuidado em aplicar os mesmos a outras populações.

Pílula do Clube: Existe uma associação clara entre hábitos de vida e de dieta considerados saudáveis com menor ganho de peso ao longo do tempo, porém a aplicação destes dados no cuidado aos indivíduos de populações diferentes da estudada deve ser cautelosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...