domingo, 14 de abril de 2013

Comentário do Clube de Revista de 28/01/2013


Use of the Short-acting Insulin Analogue Lispro in Intensive Treatment of Type 1 Diabetes Mellitus: Importance of Appropriate Replacement of Basal Insulin and Time-interval Injection-meal
P. Del Sindaco, M. Ciofetta, C. Lalli, G. Perriello, S. Pampanelli, E. Torlone, P. Brunetti, G.B. Bolli

Diabetic Medicine 1998, 15: 592–600.

Este ensaio clínico randomizado, unicêntrico e aberto testou diferentes esquemas de aplicação de insulina basal + prandial em 69 pacientes com DM tipo 1. Os pacientes necessitavam ter bom controle glicêmico previamente (HbA1C 6-7,5%) e a hipótese inicial era de que quando a insulina regular era trocada por insulina lispro haveria uma melhora no controle do DM (avaliado pela HbA1C). Os participantes foram submetidos a um período de run in por um mês em que usavam 1 ou 2 doses de NPH (ao deitar ou ao deitar e antes da janta, respectivamente) associadas a 3 doses de insulina regular antes das principais refeições. Após esse período, os participantes foram randomizados para 4 diferentes grupos por 3 meses com cruzamento após esse período por mais 3 meses. Os resultados principais mostraram que no grupo 1 (n=15, comparou pacientes que trocaram insulina regular por lispro, mantendo as 2 doses de NPH em ambos os grupos), não houve diferença na HbA1C. Nesse caso, o braço que recebeu lispro necessitou de doses mais altas de insulina (lispro e NPH) e teve um mais hipoglicemias. O grupo 2 (n=18, trocada insulina regular por insulina lispro, acrescentadas mais doses de NPH - total de 4) mostrou melhora de 0,35% na HbA1C, sem aumento de hipoglicemias. O grupo 3 (n=12, comparou pacientes que trocaram insulina regular por insulina lispro; todos recebiam 4 doses de NPH) mostrou que a melhora da HbA1C se mantinha no grupo lispro. No grupo 4 foi avaliado se o tempo entre a aplicação da insulina regular e a refeição alterava o controle glicêmico. Os pacientes que aplicavam insulina regular 10 a 40 minutos antes das refeições apresentou redução de 0,18% na HbA1C com menos hipoglicemias vs. aqueles que aplicavam a insulina regular imediatamente antes da refeição. Durante o Clube de Revista, os seguintes pontos foram discutidos:
  • Não foi calculado tamanho de amostra para o estudo e o número de pacientes incluídos em cada braço do estudo é pequeno. Estes fatos aumentam a possibilidade de erro do tipo beta;
  • Poderia haver um efeito residual do tratamento anterior após o cruzamento (efeito carry-over);
  • As múltiplas comparações realizadas, bem como o já citado pequeno número de pacientes incluído em cada uma delas dificultam a aplicabilidade dos achados na prática clínica.

Pílula do Clube:
Em pacientes com DM1 com bom controle glicêmico em uso de 1 ou 2 doses de insulina NPH e 3 doses de insulina regular a troca por insulina lispro só parece trazer benefício se houver aumento do número de doses de insulina NPH.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...