quarta-feira, 6 de julho de 2011

Comentário do Clube de Revista de 14/06/2011

Efficacy of Escitalopram for Hot Flashes in Healthy Menopausal Women:
A Randomized Controlled Trial

Ellen W. Freeman, Katherine A. Guthrie, Bette Caan, Barbara Sternfeld, Lee S. Cohen, Hadine Joffe, Janet S. Carpenter, Garnet L. Anderson, Joseph C. Larson, Kristine E. Ensrud, Susan D. Reed, Katherine M. Newton, Sheryl Sherman, Mary D. Sammel, Andrea Z. LaCroix.

JAMA 2011; 305(3):267-274.

            Neste ECR 205 mulheres foram randomizadas para receber escitalopram (10-20 mg) ou placebo com o objetivo de diminuir os sintomas vasomotores da menopausa. O estudo teve duração de 8 semanas, duplo cego, em paralelo e teve com desfecho primário a frequência e a severidade dos sintomas (avaliados através de diários). Como resultado principal, o grupo de mulheres randomizado para escitalopram apresentou uma redução maior na frequência dos sintomas quando comparado com o grupo de mulheres randomizado para o placebo (diferença entre os grupos de 1,41; IC95% 0,13-2,69); p<0,001). Durante o Clube de Revista na última terça-feira os seguintes pontos foram discutidos:
·         Em outros estudos o efeito do placebo foi igual ou maior do que o efeito escitalopram neste estudo (50-60%);
·         O estudo foi de curta duração (8 semanas) e o tratamento proposto deve ser feito por período mais prolongado;
·         A seleção de pacientes não foi feita de maneira aleatória, podendo ter sido selecionadas pacientes mais saudáveis do que aquelas no qual o resultado do estudo será aplicado;
·         Apesar de estatisticamente significativo, a relevância clínica do benefício do tratamento ativo em relação ao placebo é muito pequena.

Pílula do Clube: O tratamento de sintomas vasomotores da menopausa com escitalopram não apresenta efeito clinicamente significativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anabolic Effects of Nandrolone Decanoate in Patients Receiving Dialysis A Randomized Controlled Trial

Kisten L. Johansen, Kathleen Mulligan, Morris Schambelan JAMA 1999, 281(14):1275-81 https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticl...